Google+ Badge

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

AS CRIANÇAS DAS ESTRELAS...


Apesar de tão falada...de tão supostamente explorada...de tão hipoteticamente definida, de tão decantadamente poetizada, de tão escrupulosamente sussurrada, a região que continua ainda mais misteriosa, oculta e desastrosamente incompreendida nos seres humanos é o coração.
Valter Ludwig Taliesin

O Sol nasce para todos, entretanto seus raios a uns traz vida e crescimento, a outros aquecem, a outros incomodam e a outros são mortais.
O mesmo Sol que nasce para todos e que basicamente é a origem da vida na Terra pode ser contudo em determinadas circunstâncias e para uns e outros....totalmente o oposto de sua básica função... basta por exemplo, a Terra avançar sua órbita um milimetro a frente para tudo mudar em relação às vidas aqui presentes.
Valter Ludwig Taliesin

Há um pouco de infância dentro da verdadeira madureza...
Um adulto que não tenha um tempero infante é a mais chata das criaturas.
Isto não tira NADA da responsabilidade que devemos ter diante da vida, ao contrário; mostra que zelamos pela parte mais delicada e sagrada que temos em nós...nossa inocência original, antes das maculas impingidas sobre a alma, pelo ego dissociado, através das escolhas equivocadas da vida.
E o Maior dos Mestres e Supremo Senhor da Luz já dizia que:
" DEIXAI VIR A MIM AS CRIANCINHAS E NÃO AS IMPEÇAIS; POIS QUEM NÃO TORNAR-SE COMO UMA CRIANÇA NÃO PODE VER O REINO DOS CÉUS"...

Valter Ludwig Taliesin

Milhares de pessoas partem todos os dias deste mundo sem saber o que encontrarão do outro lado. Outros milhares partem achando que sabem muito bem o que encontrarão. Raras contudo são as pessoas que partem daqui simplesmente SENDO...vivendo...conscientes de si mesmas...de sua integridade de ser...
Neste estado de ser há plena paz e amor...plena segurança em ser aqui e agora um sopro vital do divino e isto é o céu...o que vier do outro lado é somente consequência e não campo de batalha teológico nem muito menos certeza exclusivista seja de quem for.
Deus é uma Realidade que se apreende no efêmero como absoluta certeza de já se viver no substancial.
Valter Ludwig Taliesin

Nos impossíveis de cada pessoa podemos ver um ponto de potencial possibilidade divina...este ponto em potencial só é percebido pela fé.
É o Santo dos Santos divino dentro do grande templo que é o corpo consciencial e experiencial de cada ser humano.
É onde a Realidade divina - Aquilo que é firme fundamento do que esperamos e meio de demonstramos esta mesma Realidade que não sendo vista com olhos carnais é entretanto sentida plenamente por quem tem olhos interiores para ver - se manifesta absoluta e plena de possibilidades em meio às grandes dificuldades do viver.
Nada temas!
Seja o que for que estais a enfrentar é neste ponto em ti que esta a solução!
Descanse e prossiga!


Valter Ludwig Taliesin


A amargura é a feiura da alma...
Liberte-se...deixe o amargor...
Não existe beleza na amargura,
nem vantagem alguma evolutiva.
Tristeza é uma coisa, amargura outra.
Melancolia é uma coisa, amargura outra.
Não confunda alhos com bugalhos.
Estar triste vez ou outra ou até um período,
estar um pouco melancólico e introspectivo
não deixa de dar um toque, um charme para
a alma, pois define estes momentos como de
reavaliação e tomada de nova postura.
Entretanto, PERMANECER continuamente triste
e sorumbático, fechando-se ao mundo é amargor...
É um mergulho num estado, ao mesmo tempo
passivo e caótico...
Passivo porque a pessoa nada faz para mudar e
caótico porque simplesmente a pessoa perde-se
dentro dos lugares mais sombrios dentro de si.
Quando Cristo nos convida a sermos como crianças
Ele quer que tenhamos esta capacidade de mudarmos
de estado; da pior das desilusões para a mais profunda
e criativa imaginação como em um estalo de dedos,
como em um passe de mágica!
Quer que não nos deixemos envolver pelo "mundo",
este sistema dissociativo e caótico; extremamente frio
e impessoal, alguns diriam cármico, que envolve o que
outros definem como inconsciente coletivo humano, e
que nos libertemos de tudo o que nos amarra nesta
teia de aranha pegajosa para aquilo que é mais simples,
real e verdadeiro dentro de nós; o despojamento da criança.
Fazendo isto, esta a alma caminhando para o que os
antigos desde Lemúria e Atlântida definiam como mundos
superiores , onde cada vez, em novas e espiraladas energias
de pura luz estaremos regressando...AO LAR!
Valter Ludwig Taliesin

A supressão do Mal é o maior desejo depois de querer-se a Felicidade entre os humanos. Entretanto a conceituação do que é o mal e do que é felicidade passa, na quase totalidade das vezes, pelo crivo particular; individual, de cada um; e geralmente muito do conceito de felicidade destes incorre no mal para seus semelhantes e vice e versa pois evoca conceitos, preconceitos, visões particulares e exclusivistas das coisas, interpretações absolutistas e funcionalmente personalísti
cas da vida e do viver. A ideologia nasce do conceito de ideia, ou estudos das ideias; mas infelizmente, quando cai no cenário da vivência se torna pura arma fisiológica onde só interessa o próprio umbigo e NO MÁXIMO do grupo mais próximo a que somos ideologicamente filiados e ligados.Libertar-se destas amarras, ver o mundo e o outro ao menos com olhar tolerante, seria o PONTO DE PARTIDA de uma revolução total dos conceitos e do viver que abriria portais imensos para finalmente entendermos igualdade não como ser cuspido e escarrado o outro, mas sim termos TODOS dentro do cenário evolutivo as MESMAS chances de sermos o nosso melhor, este sim, diferenciado, ou seja; as chances de expressão é idêntica para ambos, mas o grau de aproveitamento diverge de pessoa para pessoa, conforme consiga ou não se expressar.





Este é um dos sentidos do viver que o Cristo tenta nos passar através da parábola dos talentos.

Valter Ludwig Taliesin

"Os inimigos do homem estarão em sua própria casa" disse o Cristo...Dai, disse: "Será filho contra pai, pai contra filho" etc...
Existem diversos níveis de leitura desta frase...o mais comum é o tal conflito de gerações nos estertores da atual civilização, mas existe uma outra que gostaria de partilhar...
Esta casa é teu corpo consciencial e experiencial....nela há conflito entre gerações também...entre as tradições de seu passado e as novas intuições que recebes, entre o que de há muito fazes e necessidades novas que exigem um novo fazer, entre ir e vir antigos e novos caminhos que se abrem, veja; nem sempre o antigo deve ser substituído pelo novo, nem sempre o "filho" sucede ao "pai" e traz consigo o novo como geração de um novo e melhor tempo...às vezes a grande solução esta na RECONCILIAÇÃO...na simbiose e sintonia entre pai e filho...entre antigo e novo para a recriação de um ser mais pleno e sagrado...aliás; eu diria que NA MAIORIA das vezes este é o canal correto da expressão da alma.
A alma quando em sincera sintonia com Deus sente quando algo não mais lhe serve e conscientemente descarta isto para algo novo entrar...e também sente quando nada deva ser mudado...mas com mais frequência sente que deve haver reconciliação entre novas descobertas e antigas concepções para o recriar da vida pessoal e comum.
Portanto DENTRO de nós também há um conflito que se acentua com o CHEGAR DOS TEMPOS, entre as novas descobertas e os novos insights que temos com aquilo que estamos desde há muito a entender como certo e errado.
A PERCEPÇÃO CERTA NO MOMENTO CERTO FAZ TODA A DIFERENÇA PARA O BEM APROVEITAR TEU NO CAMINHO!


Paz e Bem...
Valter Ludwig Taliesin

Tristeza é um estado da alma em que se sente que de alguma forma seu caminhar esta diferente do que realmente deveria estar. Costumamos dizer que não existe nada que seja desperdiçado na dispensação divina.
Sim, entretanto pode haver atrasos no caminhar quando a alma perde a conexão com a Presença em si e se vê à merce de sua personalidade descontrolada.
Perceba, NADA realmente é desperdiçado na dispensação divina!
Não sei sinceramente o que se dará com os renitentes(claro, conheço TODAS as teorias existentes e mais um pouco e tenho minha própria visão pessoal a respeito) e nem me interessa pois isto é algo a ver entre cada alma e Deus em si, mas penso; seja o que for, cada experiência de vida traz consigo um elemento que, nem que seja para VOLTAR ao seio do caos original inconsciente deverá ser reaproveitado. Num caso extremo, mesmo o PIOR dos males praticado entre humanos traz consigo a energia divina, ainda que desvirtuada; por isto Cristo nos diz que: " TODA A PALAVRA OCIOSA DITA PELOS FILHOS DOS HOMENS, ESTES PRESTARÃO CONTAS DIANTE DE DEUS"...
O que entendemos com isto?
Que mesmo o mal praticado pelos humanos Deus transmuta em Bem para aqueles que se permitem tocados serem por Ele. Quem praticou o mal ou o ocioso, um tipo de mal passivo eu diria, dará conta do que fez, mas o seu mau feito, ainda que talvez não na hora mas com o tempo, resultará em BEM UNIVERSAL pelo poder transmutador do amor divino e será redistribuído entre os que fizerem seu melhor no caminho sagrado.
Basta observarmos as maiores calamidades perpetradas, quer pelas ações imediatas humanas, quer resultado do carma cumulativo para percebermos em TODAS as eras que QUEM ESTA SINTONIZADO NA LUZ, quem se permite em Deus estar, pega este fel e transformar em mel...em sua vida e nas vidas que toca...
SIM! Há algumas "baixas" entre os guerreiros da luz; há sofrimento e há mortes físicas pois o Mal em sua carranca hedionda e desvirtuadora da energia divina nem sempre é impedido de agir imediatamente neste plano em que estamos mas MORTE ESPIRITUAL...jamais!
E isto é o que realmente nos importa!

Valter Ludwig Taliesin

Criança das estrelas saia para fora e veja o céu...
Veja ao longe o sol, sinta e vibre nas ondas de luz...
Tu criança das estrelas, eterna(o) infanta(e)...
Tu filha(o) do útero mais que sagrado...
Nasceste como um sopro de pura luz...
Sois o beijo mais que amante...
Criança das estrelas, índigo em suas ações arrojadas;
cristal em seu estado de pura paz interna;
prateada no reflexo de seus pensamentos iluminados
e em suas palavras consagradas;
dourada em sua consciência cósmica e de
crística radiância por todos os lugares onde passas...
Veja criança das estrelas...
Chegou tua hora!
Chegou nossa hora!
Tu que sois a/o anciã/ão das eras dentro da
mais tenra face infantil e sois o mais belo menino,
a mais bela menina dentro da anciã e do ancião
mais idosa(o) e contudo mais vibrante e luzente
que caminha entre os mortais...
Tu criança das estrelas...hoje estais a comemorar!
A cantar para o mundo, na mais perfeita voz,
na mais perfeita harmonia, o nascer de uma nova era!
Uma era que começou dentro de ti, dentro dos primeiros
como tu que cá desceram...
Primeiro um cá outro lá,
entre os séculos que se passavam;
depois em pequenas mas significativas ondas,
entre o fim do século das luzes(18) e o fim da mais
trevosa era das guerras(1914/1945)...
e por fim explodiu em grandes ondas cada vez
maiores, mais frequentes e pouco a pouco
ininterruptas depois de 1958,
inundando o ventre das mães da geração
flower/power, boa parte delas já da mesma
estirpe que a tua, de sementes de estrelas;
de mensageiros do amanhecer,
de filhas e filhos da alva!
E o mundo agora chacoalha entre as mentes
e corações ainda entorpecidos de outrora e tu,
nova energia de vida que tudo toca e revigora;
e tão inebriante e pulsante é tua energia que
a Terra aceita prazerosa tua energia, e quem
não afinar contigo...aqui não poderá mais ficar!
Chegou a hora!
um novo mundo começa em ti e através de ti!
Valter Ludwig Taliesin


VÍDEOS SAGRADOS

FOREVER YOUNG - ALPHAVILLE

EDEN - SARAH BRIGHTMAN


I HAVE A DREAM - ABBA

CARAVANSERAI - LORENA MCKENNITT

RETURN TO INNOCENCE -ENIGMA

DON'T YOU FORGET ABOUT ME - ERA

NIRVANA - THE CHILDREN'S CHOIR OF EL BOSCO

UNA TERRA - LESIEM

FONTE YOUTUBE




FONTE DE IMAGENS GOOGLE

Nenhum comentário:

Postar um comentário