Google+ Badge

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

PELOS CAMINHOS DO MUNDO...




o pare nada que estais a fazer por medo e temor.
Tudo o que estais a fazer faça com a absoluta certeza de que Deus esta em ti operando a Obra sagrada.
Deus, Deusa; não interessa como tu nomeias o sagrado pois que este é simplesmente o que é ..."A GRANDE REALIDADE DE ONDE TUDO PROCEDE"...e tudo nasce do encontro dos opostos...masculino e feminino... Yang/Yin....que se manifestam a partir desta REALIDADE ÚNICA do Ser...esta Fonte Viva e plena de Vida que nomeamos dentre outras coisas...DEUS...DEUSA...

Valter Ludwig Taliesin






Pelos caminhos do mundo trilhamos com fé e esperança no amor divino os desafios que surgem no Caminho...o único que vale a pena ser trilhado entre os caminhos no mundo.
Vamos seguros que no horizonte reluz e brilha a Luz da Presença Divina em nós...horizonte é modo de falar...em verdade é o Centro de tudo e de todas as coisas que reluz em cada ser ciente como único Centro emanador de vida.
Tudo é Centro e nada é periferia quando estamos focados no Ser.
Nossa vida e seus desafios ganham significados então a partir DESTE Centro e não do focar nas dificuldades disto e daquilo.
Nos libertamos dos efeitos de nossas pequenas causas egóticas quando focamos a Grande Causa presencial do EU SOU em e além de nós...
Focamos então no amor, no perdão, na cura, na liberação, na libertação e finalmente tudo se faz novo, em e através de nós, curando tudo o que toca.

Valter Ludwig Taliesin


Florescer, renascer...colorir o mundo com seu sorriso, perceber no outro, na outra pessoa, um reflexo da própria luz que brilha em ti e sentir que o vice e versa é uma realidade entre vocês.
Isto ó que sente aquele(a) que desperta para o mundo divino dentro de si e a partir de si.
Esta percepção - "IN LAK' ECH" - Eu Sou um outro você - da espiritualidade filosófica maia...deve ser uma constante a partir de então...algo que misteriosamente não te anula, nem anula o outro, mas revigora o que tem de melhor em cada um(a) e que seja diferente, realça aquilo que é semelhante e transmuta o dissociativo, aquilo que afasta e denigre, em algo bom e salutar ao divino.
Portanto não é ao diferente que ele isola, na verdade nem o que é ruim ele isola; ao contrário; transmuta, cura, liberta e faz disto um material para recriar vidas.
Progressivamente este senso e esta certeza de direção que vem de DENTRO e do amor real e fraternal que te une a todos os humanos e a todas as formas de vida vai te levar onde como diz o lema de Star Trek - "Audaciosamente indo onde nenhum homem(podemos aqui colocar humano) jamais esteve"...pois apesar do mundo divino ser a Única Realidade cada um de nós temos como Ele experiência singulares e particulares que ai sim, cooperam como experiência para o bem comum.

Valter Ludwig Taliesin

Entrega-te neste momento à meditação e a oração...
Não adianta reclamar...
Se não queres agir neste momento porque te sentes insegura(o) ao menos recolha-se silenciosamente...medite em Deus, na Presença divina, sinta seu toque de amor, deixe-se imantar pela luz divina, ore quando sentir seu coração vibrante de fé...descanse Nele em silêncio restaurador e então... no momento que sentires...vá, e faça o seu melhor!
Esta questão de fazer o que tem que ser feito é um ato perceptivo teu, neste momento, diante dos desafios que estais enfrentando.
E se neste momento o melhor é tu voltares para Deus em ti, faça-o...
Em verdade devemos nos voltar para Deus em nós tanto recolhidos quanto em ação...diria que a verdadeira ação é a que nasce e é feita em Deus...o resto não passa de pura reação com máscara de que se age.
Entretanto tem momentos que a alma pede...um tempo para si longe do clamor da batalha...então vá, retire-se, e quando sentir que é o momento volte...mas volte pleno, total...fazendo teu melhor naquele momento...sem medo de ser e fazer feliz.

Valter Ludwig Taliesin


Respeito por si mesmo(a) é vital para a pessoa humana se quiser que outras(os) a(o) respeitem ou pelo menos que tenha condições de exigir que assim se faça.
Ninguém que se menospreza pode esperar outra coisa que não menosprezo dos(as) outras(as)...e se boa coisa vier, acredite é por pura misericórdia.
Respeitar-se, amar-se não é sinal de ego exacerbado; longe disto, quem não se respeita e não se ama NÃO TEM condições de amar as pessoas como elas merecem e devam ser amadas!
Somente tendo respeito por suas trevas, sabendo administrá-las para sua própria correção e auto-aperfeiçoamento tem o ser humano condições de ajudar seus semelhantes nas mesmas coisas pois se não olhares tuas trevas com bondade e perdão dificilmente serás curado de seus males pois é exatamente nas densas trevas de nossa personalidade que o EU SOU encontra material para fazer surgir a oculta luz!
Olhar com bondade e perdão suas trevas NÃO É aceitar as mesmas como normal e condutora de sua vida mas sim saber que mesmo falhando, errando, tens todavia chance de mudar e tornar tudo novo.
Mesmo o pior dos pecadores pode arrepender-se, mudar de vida e se tornar um canal de luz e benção para o mundo. Basta querer, querer de verdade, entregar sua vida ao Cristo em si, deixar a luz divina luzir nestas trevas que outrora lhe ditavam suas ações nascidas em pensamentos, desejos e emoções distorcidos pelo ego fora de controle e aceitar o senhorio de Deus em sua alma e através dela em todo o seu Ser.
Então, um mundo novo se fará real a partir de DENTRO deste ser humano renovado no mundo sagrado!

Valter Ludwig Taliesin

No Princípio tu estavas entre as infinitas luzes que da LUZ saia, Luz esta como uma flor em meio ao denso e negro útero infinito.
Pouco a pouco foste "caindo" de experiência em experiência...se adensando com o material que encontravas em cada estranho mundo em que chegavas...mundos que ganhavam vida com a tua luz e numa paradoxal troca de material...tu concedias ao mundo formas e este te concedia material para criá-las...vestimentas para tuas aventuras.
E então um belo dia tu te viste aqui...extremamente densa, e já não conseguias mais te lembrar de outros mundos mais sutis...não conseguias mais focar no que realmente importava dentro de ti...te sentiste só e nesta solidão começaste a ver tuas irmãs como rivais...rivais por amores, rivais por espaços, rivais por energias, rivais por tempo, rivais por razão...e o mundo em que estavas respondeu criando uma capa que tu na tua inconsciência definiste como inferno, outros mais lúcidos como carma e outros mais técnicos como inconsciente coletivo...e alguns mais esperançosos como céu...
Dai veio uma e outra irmã e conseguia perceber o que tu não vias...e lapidava o caminho para mergulhos de entidades mais conscientes...até que veio ELE... e em diversas entradas e saídas conceituadas como avatáricas criou um magma de luz em torno de si e através de si...um vivo caminho que culminou enfim no Gólgota e dali no ressurgir de entre os mortos...
E então, foi como se o Pai/Mãe surgisse a primeira vez para ti...
Mas saibas que Dele(a) vieste e para Ele(a) deves retornar!
Então alegre-se  e prossiga...nada tema...sois o mistérios que tanto almejas conhecer pois... Deus...É... pura e simplesmente e de ninguém é conhecido ou será...Deus deve ser VIVENCIADO...e este vivenciar começa no conhecer EM TI da relação que tens com a Fonte!

Paz e Bem

Valter Ludwig Taliesin

 Simples como o sono que nos envolve todas as noites ou quando estamos cansados e precisamos descansar, assim é o adentrar os mundos paralelos e sagrados para a alma que tem a sensibilidade divina aflorada pelo constante buscar de comunhão em Deus.
Neste mergulho, nestas viagens onde somente esteve quem fez igual ou melhor que esta alma...é ali que ela tem condições de ver, de perceber que a vida esta muito além das meras sensações do físico.
Ali Deus é Real ou melhor Ele é percebido como única realidade.
O que deveria acontecer aqui também mas que deixamos de perceber porque nos convencemos de que o mundo é meramente nossas reações uns aos outros...reações ao que entendemos por ações erradas dos outros, mas...que se repetem em tudo e em todos...inclusive em nós mesmos...são reações mascaradas de ações pois as verdadeiras ações...o verdadeiro fiat criativo conhecido como ação, é uma vantagem evolutiva de quem realmente vê.
Tu tens olhos para ver?
Olhas com o olhar interior?
Então sois verdadeiramente um Ser de ação...um co-criador do mundo com Deus!
Tu apenas percebes as coisas conforme a visão de mundo aprendida aqui na terceira dimensão? Tu ainda te prendes aos conceitos de bom e de mal que aprendestes dos preconceitos caros de cada dia? Então tu estais longe de ver com o olhar interior e de agir de verdade...sois em diversos graus, tão reativo quanto os demais que condenas!
Pois o verdadeiro Bem é Deus sentido presente DENTRO de Si e o verdadeiro Mal é prender-se ilusoriamente na falsa percepção de que Ele esta distante de ti, num céu sei ló onde ou de que nem É...de que não há o REAL e que a realidade é só isto que percebes nesta Terra tão cheia de contradições.
Este é o verdadeiro Mal...A SEPARAÇÃO DE DEUS, ou o senso disto, já que é questão de percepção da alma basicamente e não uma verdade ontológica ou seja; Deus realmente não esta separado de ti, mas tua percepção distorcida percebe assim...Deus de fato é A ÚNICA REALIDADE...esta é a Verdade, a não percepção disto é que traz e manifesta a ilusão que conhecemos como Mal.
Livrar-se disto é o primeiro passo para o grande mergulho no Oceano divino que lhe permitirá penetrar em todos os portais que tua alma sentir serem interessantes e necessários para tua evolução e ascensão.
A Grande Aventura...começa agora...Vá!

Valter Ludwig Taliesin


VÍDEOS SAGRADOS

MUSICA DOS DRUIDAS

THE DRUID'S JOURNEY - MICHAEL GHELFI

IONA - DRUID'S ISLAND - CORCIOLLI

DRUIDIC DREAMS - ADRIAN VON ZIEGLER

STONEHENGE WALTZ - CELTIC SOUL

ACROSS THE SNOW - EPIC BAGPIPES CELTIC MUSIC

FONTE YOUTUBE

FONTE DE IMAGENS GOOGLE

Nenhum comentário:

Postar um comentário