Google+ Badge

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

NUMEROLOGIA ESOTÉRICA: 9...A SÍNTESE DIVINA UNIVERSAL...



O número 9 é a síntese da vida e da ascensão universal.

Todo numeral somado ao 9 terá como resultado um numeral que quando fatorado será o próprio numeral da soma com o 9.

O 9 desperta, quando os números interagem consigo, a potencialização destes mesmos números e de si mesmo.

Dai porque Tesla afirmava, como já enfoquei nos textos do 3 e do 6, que se os humanos soubessem o poder e a importância destes 3 numerais(3, 6 e 9) dominariam suas vidas e assumiriam de vez o controle de sua evolução. 

Se o 666 é considerado o número do homem no Apocalipse naturalmente seu oposto 999 poderia ser visto como o número de Deus.

No 9 termina-se um ciclo e começa outro. Na mitologia maia havia 9 senhores da noite, entidades que controlavam o Xibalba, o mundo dos mortos dos maias o qual localizavam simbolicamente dentro da Terra, mas que provavelmente seria no centro da Via Láctea... o centro da Terra ocultaria em seu simbolismo então um mistério ainda maior onde verdadeiramente estava o Xibalba...dai que muitos de seus ritos eram feitos nestes centros ocultos na Terra na impossibilidade de estarem no verdadeiro Xibalba.

Um dos símbolos do 9 é uma imagem que envolvem 3 triângulos...

Na mitologia nórdica estes 3 triângulos estavam entrelaçados entre si! Este era o símbolo do Grande Deus Odin o senhor dos deuses de Valhalla.



O triângulo é a grande imagem da trindade e o 9 é esta trindade expressa 3 vezes! O nove simboliza a trindade na trindade na trindade! Deus em Deus em Deus! Uma afirmação peremptória de que a Eternidade, a Infinitude, a Onipotência, a Onipresença, a Onisciência, a Imutabilidade, o Imanente, o Emanente, e o Transcendente são o máximo de conceituação positiva que os humanos podem referir Deus.

Em um triângulo veríamos então os conceitos de Eternidade, Imutabilidade e Infinitude. No outro os conceitos de Imanente, Emanente e Transcendente e no outro os de Onipotência, Onisciência e Onipresença. 

Destes 3 triângulos a trindade mais próxima da criação material é aquela onde o EU SOU manifesta-se como Onipotente, Onisciente e Onipresente. Dos 4 mundos cabalísticos poderíamos dizer que estes atributos divinos revelam-se plenamente no mundo da ação, no mundo onde os Elohim, Adonai e Shekinah revelam Deus... no mundo onde YHVH TSABAYOTH esta através de suas carruagens celestes em todos os lugares com pleno poder e conhecimento.

Depois, no mundo das formação e criação Deus é o Emanente, de onde tudo procede; o Imanente, presente em todos os seres vivos; o Transcendente que apreende tudo mas por nada é apreendido. Se no triângulo anterior Deus é uma realidade externa aqui Ele é uma realidade interna advinda do Mistério anterior as grandes revelações.

Por fim o último triângulo é relacionado ao mundo da emanação onde tudo é Deus. Eternidade, Imutabilidade e Infinitude são os termos aqui que sinalizam para Deus anterior a todas as coisas. Para uma divindade anterior aos termos que lhe definem pois antecede a qualquer ser surgido no e do Ser.
Colocamos os atributos de emanação no triângulo anterior porque entendemos que eles surgem mais positivos até do que os 3 termos aqui que podem definir melhor um Ser que não pode ser nomeado, como é dito sobre a divindade neste mundo da emanação...em verdade estes 3 termos podem ser aplicados ao mistério divino anterior aos mundos da Árvore da Vida se formos criteriosos...
Positivo e negativo aqui são vistos como termos que definem a revelação divina e aquilo que não pode ser revelado sobre Deus. Não sobre o que é bom ou ruim como usualmente fazemos...tem mais a ver com, por exemplo, a definição da eletricidade.

Outro grande símbolo do 9 é a estrela de 9 pontas!


Conhecida no meio esotérico como estrela de Sanat Kumara, o dito senhor de Vênus e da Terra esta estrela simboliza a revelação divina entre nós; o início e o fim do processo de ascensão humana, a conquista plena da divindade interior pela entidade humana.

Diz-se que esta entidade, Sanat Kumara, é a figura hierárquica mais próxima dos humanos que revelam a figura de Deus nos mundos. Ele não seria de Vênus mas sim de regiões ainda mais misteriosas do Universo(alguns dizem Órion, outros Sírius)...teria vindo para Vênus em tempos imemoriais e depois para a Terra há mais ou menos 18 milhões de anos, começando aqui o processo de humanização e futura ascensão dos seres vivos encarnados aqui e ainda em estágios bem precoces de consciência de si mesmo. Esta entidade é associada com a figura bíblica de Melquisedeque, rei-sacerdote da cidade de Salém(Jerusalém) que recebeu Abraão depois deste ter vencido uma de suas mais importantes batalhas...O nome de Deus associado a esta entidade que em si mesma revela Deus é EL ELYOM ou Deus altíssimo; um conceito divino que deixa claro a transcendência da Origem de toda a Vida.

Como uma grande entidade civilizadora Sanat(Melquisedeque)Kumara é ligado à toda manifestação espiritual genuína terrestre. Digamos que ele seja um filtro por meio do qual Deus se revela ao mundo pois Este nunca ficou sem Testemunhas aqui. Dai que o sacerdócio segundo a Ordem de Melquisedeque é um sacerdócio universal, acima de todas as raças e religiões, envolvendo toda humanidade. Esta Ordem é a mais antiga Sociedade espiritual deste planeta.

Se associarmos à mitologia maia poderíamos dizer que Sanat Kumara é um dos senhores da noite e o líder deles...e estas regiões mais profundas da qual teria vindo nada mais são do que o Xibalba maia.

A universalidade do número 9 também pode ser vista no número de cavaleiros que é dito criaram uma das mais famosas sociedades militares e espirituais secretas da História: Os Templários. 9 foram os cavaleiros que formaram o grupo mítico de fundadores dos Templários. E este número juntamente com o 5 era tremendamente importante na mitologia da Ordem. 

A Ordem templária tinha uma missão universal(9), focada na ascensão social humana(5)! 


Os ciclos são universais, a vida é universal, a humanidade é universal, Deus é universal e o 9 é este universal expresso em símbolo numérico!

Uma pessoa com esta vibração na vida, um bom 9, tem a universalidade impressa na alma!

Um bom nove é inclusivo, abarca com o coração as necessidades dos demais e com a mente a totalidade da revelação divina para atuar neste mundo entre seus irmãos e irmãs.

Um bom nove é fraterno e o conceito de irmandade universal não é meramente semântica para ele.

Um bom nove é além de universal e fraterno...inspiração pura...sua mente e coração captam a essência das coisas, sua luz interior então derramasse criando em torno de si canais de vida divina pelos quais procura tocar os demais humanos e seres vivos.. ele é; generoso, humanitário, liberal, prestativo, e extremamente intuitivo.

Um bom nove portanto é liberal por ser universal, é humanitário por ser fraterno, é inspirado por ser intuitivo, é prestativo por ser generoso. 

Como sempre, se a alma não manifesta o poder e os talentos de seus dons internos revelados pelos números, estagna-se ou então faz o oposto; acaba sendo - no caso aqui do 9 - negativo...nada universal, nada humanitário, nada fraterno, nada inspirado, nada generoso, nada liberal, nada prestativo, nada intuitivo. 

Ficamos por aqui...



Em Amor e Luz

Valter Ludwig Taliesin

Paz e Bem

VÍDEOS SAGRADOS

MUSICA DE FLAUTA












Nenhum comentário:

Postar um comentário