Google+ Badge

terça-feira, 30 de agosto de 2016

AS ALMAS DOS LIVROS OCULTOS...



Um livro traz revelações de alguém que conheceu suas mais profundas feridas e trouxe  à tona seus mais acalentados sonhos e apavorantes pesadelos. Mesmo os cuidadosos, ciosos de pouco revelar, quando escrevem, muitas vezes sem perceber, revelam seu interior ao mundo.
Isto é inevitável, até mesmo para os mentirosos que ousam escrever o que não vivem.

Valter Luis


A face que ocultas é como o mais belo soneto.
Te fechas, não deixas que o amado enxergue em
teu interior...Todavia, pouco a pouco os versos
de tua alma vem a brotar...e o amado, estará a sorver
cada gota de cada ato teu...ele te entende, ele sabe,
ainda que não diga...ainda que respeite teu silêncio
e o teu fechar-se ao mundo.,,Mulher...

Valter Luis






Uma alma que amamos é como um livro; as vezes fechado...novo, páginas brancas...cheiro de gráfica e tinta nas letras vibrantes e claras pois é virgem ...ou então aquele tom amarelado da experiência, aquelas letras um tanto quanto foscas mas misteriosamente cheias de magia, até mais que as novas...aquele cheiro de biblioteca ou grandes sebos de livros...um cheiro que é tão impactante quanto o virginal do livro novo...porque no fundo...cada alma...cada corpo quando amado...tem em si seus mistérios...ainda que por outros desvelados um dia, é para nós que estamos a amar e sermos amados, pura novidade...como se NUNCA TIVESSE SIDO...e quando tais almas entregam de fato seu ser à nós...a magia virginal acontece de novo e para os dois que se fazem um é como se novidade tudo fosse...e o tom dos anos dos velhos livros, ou das velhas almas que um dia já foram amadas e amantes, se tornam tão radiantes quanto toda a mais pura luz da novidade.
Valter Luis



Quando amamos nos deliciamos penetrando nos mistérios da alma amada...assim como devoramos um livro que nos toca intensamente, no calor da paixão queremos sorver todos os momentos com a alma amada. e assim como um livro pode torna-se inseparável depois daquela leitura voraz e passarmos a vida inteira a partir de então relendo-o calmamente, sempre com uma compreensão mais renovada dele...assim é em relação a alma que amamos; explode a paixão e depois progressivamente aquela pessoa se torna única e exclusiva para nós em diversos sentidos e sempre uma experiência nova e enriquecedora a cada momento de nossas vidas...isto é AMOR! Puro genuíno e real!

Valter Luis

Esta coisa que não se explica...
Que penetra em nossos olhos...
Vindo de lugares que somente
os olhares sagrados perscrutam.
Ali, naqueles lugares escondidos 
dos olhares profanos, almas sagradas
se reconhecem, se falam, numa voz 
diferente do normal...ali histórias são
escritas...ali nascem obras primas da vida,
obras mais perfeitas que o mais perfeito
livro...obras absolutamente genuínas,
sem frescuras, sem medos, sem vacilos.
SIM...
Pois quando se ama...se reconhece...
e ao se reconhecer a alma se cura...
Valter Luis


Liberdade de estar aqui e agora a falar o que quero;
Liberdade de tocar almas com minha alma...
Assim como os textos fluem, os poemas brotam,
os livros nascem...assim são os melhores desejos de
minha alma ante as almas que sorvem o néctar dos
deuses através de mim...desejando SEMPRE de mim
passar O MELHOR...o mais caro...o mais precioso...
o mais abençoado e abençoador...como o próprio
Livro da Vida.

Valter Luis



O segredo para se ter uma vida Perfeita é abdicar de toda perfeição conceitual pois uma "vida perfeita' é uma vida em aberto...um livro para ser escrito...rasurado...apagado...reescrito e por fim...editado e reeditado quantos vezes necessária for; de preferência com notas de rodapé, apêndices e afins e nestes claro, bibliografia pois apesar de não vivermos a vida um do outro sempre estamos a aprender com os exemplos de nossos semelhantes!
Valter Luis


Algumas almas são poemas; almas que se abrem como páginas de um livro de poesias...nem todas contudo são poéticas...existem as dramáticas, as comediantes, as fixas em sensações, as religiosas, as espirituais, as frígidas, as sensuais, as antenadas, as desatualizadas, as festivas, as melancólicas...assim como imensa é a variedade de livros que podem ser lidos assim é a variedade de almas que podem ser tocadas por outras...
Valter Luis


VÍDEOS SAGRADOS

TRIO ESPERANÇA

Filme triste

Eterno amor

Olhando para o céu(Sukiyaki)

O Retrato

Rua Ramalhete

Ao meu amor

Arrasta a sandália

A festa do bolinha




Nenhum comentário:

Postar um comentário